Covid-19: Japão em 'alerta máximo' após recorde de novos casos



O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, anunciou ontem (19) que o país está em "alerta máximo" depois de alcançar um número recorde de infecções diárias por Covid-19. Ontem, mais de 2 mil novos casos de contaminação foram registrados no Japão, quase 500 em Tóquio, segundo dados oficiais.

"Considero que estamos em situação de alerta máximo", declarou o primeiro-ministro em coletiva de imprensa. "Peço ao povo japonês que tome medidas sistematicamente, como o uso da máscara", continuou Suga.

Embora esses números sejam relativamente baixos em comparação aos de outros países, eles mostram um agravamento da pandemia no arquipélago japonês.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário