Covid-19: Johnson & Johnson inicia novo estudo para testar vacina em duas doses


A empresa Johnson & Johnson iniciou ontem  (16) um novo estudo para analisar os possíveis benefícios adicionais da aplicação da sua vacina contra a Covid-19 em duas doses. Serão recrutados até 30 mil voluntários de países como Estados Unidos, Colombia, França e Espanha.

Conforme o The Wall Street Journal, a J&J quer verificar se a segunda dose oferece proteção mais duradoura do que com a dose única. A empresa esclarece, no entanto, que estudos iniciais mostram que uma dose da vacina pode fornecer proteção.

Para o teste, os voluntários receberão a primeira dose de um placebo ou da vacina experimental e, após 57 dias, uma nova dose.

No Brasil, já está sendo conduzido o estudo da Janssen-Cilag — divisão farmacêutica da Johnson & Johnson — em 11 estados, com previsão de envolver até 7.560 pessoas com mais de 18 anos.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário