Polícia Federal identificou hacker que invadiu sistema do STJ, afirma diretor-geral


O diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre de Souza, informou à TV Globo que a PF identificou o hacker que invadiu o sistema do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O ataque causou a suspensão de julgamentos e várias medidas de segurança internas.

Segundo Rolando de Souza, o suposto invasor pediu pagamento resgate em troca da não destruição dos dados roubados do sistema.

Ele não disse o valor do resgate, segundo o delegado, mas mencionou que havia um servidor na Suíça onde supostamente as informações capturadas pelo hacker teriam sido armazenadas.

O autor da invasão ao sistema do STJ seria o mesmo que teria feito tentativa semelhante no Ministério da Saúde.


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário