Governo prevê iniciar vacinação contra Covid cinco dias após aval da Anvisa, diz Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde informou ontem (15) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o governo prevê iniciar a vacinação contra o coronavírus em até 5 dias após a entrega dos primeiros lotes e autorização das doses pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No domingo (13), o ministro Ricardo Lewandowski solicitou ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a previsão de início e término do plano de imunização contra o coronavírus enviado ao Supremo na última sexta, e deu um prazo de 48 horas para resposta. 

O documento entregue hoje, protocolado pela Advocacia-Geral da União (AGU), no entanto, continua sem esclarecer datas precisas.

A única estimativa é que o prazo para a vacinação "da população em geral" deve ser de um ano, o que deixa o plano integral de imunização com 16 meses - sendo os quatro primeiros para vacinação dos grupos prioritários.


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário