População carcerária é removida de grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19


Em uma atualização do plano preliminar elaborado para a vacinação contra a Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde removeu os presidiários da lista de grupos com prioridade de imunização. A divulgação havia sido apresentada dia 1 de dezembro. 

De acordo com planejamento inicial, a população carcerária integraria a 4ª fase do primeiro ciclo de vacinação.

De acordo com publicação do site Poder360, no entanto, uma atualização no conteúdo foi feita na última sexta-feira (4). Na nova versão, todos os grupos prioritários listados foram mantidos, com exceção da população privada de liberdade. 

Ao site, o ministério justificou que, como o PNI (Plano Nacional de Imunização) é preliminar, “o planejamento dos grupos a serem vacinados e fases podem sofrer alterações”.

“A definição de grupos de risco (e posteriormente de grupos prioritários para serem vacinados) depende dos estudos epidemiológicos e dos resultados da fase III de cada vacina, que definirão a bula do imunológico”, afirmou o ministério.

*bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário