Butantan fará o pedido para o uso emergencial de mais 4 milhões de doses da CoronaVac


O Instituto Butantan vai entrar com um pedido na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para a liberação de mais 4 milhões de doses da CoronaVac, segundo o presidente da Anvisa, Dimas Covas, no último domingo (17).

Durante coletiva, Covas também falou que o Butantan está esperando insumos para a fabricação de mais de 11 milhões de doses da vacina, que serão enviados pelo governo chinês.

“Estamos com um pedido aprovado de importação lá na China e neste momento aguardamos uma autorização do governo chinês. Isso já deveria ter acontecido 15 dias atrás, não aconteceu, estamos em intenso contato com os chineses para que liberem essas doses, que serão suficientes para a produção de mais de 11 milhões de doses… Esperamos que isso se resolva nesta semana ainda”, explicou.

No último domingo (17), a Anvisa autorizou o uso emergencial das vacinas CoronaVac, feita em parceria com o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac, e da AstraZeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford.


*varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário