Covid-19: maioria dos pacientes tem ao menos um sintoma após seis meses da internação, diz estudo


Um estudo publicado ontem (9) na revista científica "The Lancet" aponta que mais de três quartos das pessoas hospitalizadas por decorrência da Covid-19 em Wuhan, na China, tiveram pelo menos um sintoma da doença seis meses depois da internação. A pesquisa acompanhou pacientes da cidade onde o coronavírus foi identificado pela primeira vez, no fim de 2019.

Após receberem alta do hospital, os sintomas mais comuns relatados foram fadiga ou fraqueza muscular. Distúrbios do sono, ansiedade ou depressão também foram diagnosticados e alguns pacientes desenvolveram ainda problemas renais.

Os pacientes que estiveram internados em estado grave apresentaram alterações na função pulmonar e anormalidades nas tomografias de tórax.

"Como a Covid-19 é uma doença nova, estamos começando a entender alguns de seus efeitos de longo prazo na saúde dos pacientes", afirmou o autor principal do estudo, Bin Cao, do National Center for Respiratory Medicine. O trabalho destaca a necessidade de acompanhamento médico após a alta hospitalar "para compreender todo a série de sequelas que a Covid-19 pode ter nas pessoas", acrescenta o pesquisador.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário