Enem 2020 registra abstenção de 55,3%; pedido de reaplicação deve ser feito a partir desta segunda


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou ontem (24) que o índice de abstenção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 atingiu a marca de 55,3% do total de candidatos esperados para esta edição (5,5 milhões). Este é o maior índice de toda a história do Enem.

Quem perdeu o Enem por problemas de infraestrutura, (como salas lotadas ou falta de luz) ou por ter sido diagnóstico com Covid ou doenças infectocontagiosas na véspera do exame pode pedir a reaplicação do exame, que acontecerá nos dias 23 e 24 de fevereiro. O pedido pode ser feito a partir das 12h de hoje (25) até sexta (29).

"Foi mais do que a gente estava esperando", afirmou Alexandre Lopes, presidente do Inep, sobre a taxa de abstenção do Enem. "Mas gosto de olhar o copo meio cheio: 2,5 milhões de pessoas conseguiram fazer a Enem em ambiente de pandemia, em ambiente de receio", afirma.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário