Farmacêutico é preso nos EUA sob suspeita de danificar doses de vacinas contra Covid


O farmacêutico de um hospital de Wisconsin foi preso na última quinta (31) sob suspeita de danificar mais de 500 doses de vacina contra a Covid-19 da Moderna. O funcionário teria removido intencionalmente os imunizantes da refrigeração para estragar, segundo autoridades médicas e policiais.  

De acordo com a agência americana Reuters, o funcionário não identificado do Aurora Medical Center em Grafton, Wisconsin, foi demitido após 57 frascos da vacina terem sido encontrados fora da refrigeração esta semana. Cada frasco contém 10 doses.

Nem o Aurora Health nem a polícia apresentaram qualquer motivo para a sabotagem, e as pessoas que receberam as doses ineficazes foram notificados para serem imunizadas novamente. De acordo com a Moderna, fabricante das vacinas, as doses removidas da refrigeração não oferecem risco além de deixar o paciente desprotegido contra a Covid.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário