Mandetta diz que Brasil pode ter 'megaepidemia' caso variante do coronavírus no Amazonas se espalhe


O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta alerta para o risco da variante brasileira do coronavírus, identificada em Manaus, provocar um agravamento do quadro epidemiológico no Brasil que, na sua avaliação, está "em progressão".

"O mundo inteiro está fechando os voos para o Brasil, e o país não só está aberto normalmente, como está retirando pacientes de Manaus e mandando para Goiás, Bahia, outros lugares, sem fazer os bloqueios de biossegurança. Provavelmente vamos plantar essa cepa em todos os territórios da federação, e daqui a 60 dias podemos ter uma megaepidemia", disse Mandetta em entrevista ao programa Manhattan Connection, da TV Cultura.

Mandetta também comentou o inquérito contra o atual ministro da pasta, Eduardo Pazuello, no Supremo Tribunal Federal (STF) e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro poderá sofrer impeachment pela condução da pandemia.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário