Vacinação pode ser paralisada até a chegada de novas doses, diz Gabbardo


Coordenador do centro de contingência à Covid-19, no governo de São Paulo, João Gabbardo disse não ter dúvida que faltará vacina se o atraso na importação de insumos não for solucionado imediatamente.

"Eu não tenho nenhuma dúvida, eu tenho certeza de que pode faltar vacina [se os problemas persistirem]. O processo de vacinação não é contínuo. Se nós temos seis milhões de doses, isso seria o suficiente para vacinar três dias de uma forma plena, com todas as unidades de saúde funcionando. É muito pouco", afirmou ele, em entrevista à CNN Brasil.

Gabbardo atribui o atraso a três fatores principais, dentre elas, problemas diplomáticos com a China e o aumento no número de casos no país asiático.


*Metro1


Nenhum comentário:

Postar um comentário