Decreto que suspende realização de shows e aulas presenciais na Bahia é prorrogado até 14 de março


O decreto que suspende a realização de shows e aulas presenciais em escolas das redes pública e privada foi prorrogado até o dia 14 de março pelo Governo da Bahia. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desse sábado (27).

O decreto também proíbe execução de atividades com público acima de 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Já os shows e festas, sejam elas públicas ou privadas, seguem suspensos independentemente do número de participantes.

No entanto, cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas com limite máximo de 200 pessoas. Porém, a realização de festas desses eventos segue suspensa.

Além disso, o decreto também suspende as atividades de recadastramento de servidores inativos e pensionistas que fazem aniversário nos meses de janeiro, fevereiro e março. A suspensão do recadastramento tem como principal objetivo preservar idosos e pessoas em grupos de risco, evitando o deslocamento a uma unidade da Rede SAC para validar os dados cadastrais junto à Previdência Estadual.

O primeiro decreto da suspensão das aulas foi publicado em março do ano passado, e desde então vem sendo renovado cada vez que vence, como medida de prevenção da Covid-19.

A prorrogação do decreto foi anunciada nesta última sexta-feira (26), quando a Bahia registrou ocupação de 82% nos leitos de UTI adulto. Segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) nesta sexta (26), 137 óbitos foram registrados, mas que aconteceram em datas diversas.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário