Isenção de impostos prometida por Bolsonaro só dará alívio de R$ 0,34 no preço do diesel


O anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro de isentar a cobrança de PIS e Cofins no preço do diesel por dois meses está longe de absorver a alta no preço do combustível neste ano.

Segundo cálculos do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo (Ineep), da Federação Única dos Petroleiros (FUP), a redução no preço final é de cerca de R$ 0,34 com a isenção dos impostos federais. No ano, o diesel acumula alta de R$ 0,56.

Assim, absorve pouco mais da metade do aumento desde janeiro.

Bolsonaro ainda disse que "algo vai acontecer" na estatal, em resposta ao reajuste promovido na gasolina e no diesel pela manhã.

*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário