Prefeitura de SP vai contratar mães de alunos para ajudar a cumprir protocolos contra Covid nas escolas municipais


A Prefeitura de São Paulo elabora proposta para contratar cinco mil mães de alunos da rede pública municipal para trabalhar nas escolas como agentes de protocolos de saúde contra o coronavírus. As mães serão responsáveis por aferir a temperatura dos estudantes e realizar a  higienização dos equipamentos de uso coletivo. As novas funcionárias devem, também, fiscalizar o cumprimento das medidas de distanciamento e uso correto da máscara e do álcool gel.

A intenção da gestão municipal é de que as vagas sejam voltadas para mulheres desempregadas. Elas devem receber um salário de R$ 1.155 mensais para cumprir uma carga horária de  30 horas semanais de trabalho. A carga horária deve ser dividida em 24 horas de atividades nas próprias escolas e outras seis horas destinadas a cursos de qualificação profissional.

Ainda segundo prevê a proposta, cada uma das unidades da rede municipal de ensino deverá manter três mulheres selecionadas para o projeto.  O tempo do contrato será de seis meses.


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário