WhatsApp: Criminosos usam falso agendamento de vacina para aplicar golpe


Criminosos têm se passado por membros do Ministério Público, do Ministério da Saúde ou outros funcionários públicos para forjar agendamento de vacinação contra a Covid-19 pelo WhatsApp.

Na tentativa de clonar as contas no aplicativo de mensagens instantâneas, os golpistas pedem dados pessoais, enviam um código por SMS e ainda induzem a vítima a clicar em links. Essas ações levam à ativação da conta da vítima no WhatsApp em outro celular.

De acordo a Veja, autoridades de diferentes partes do Brasil já emitiram alertas para a população, reforçando que as pessoas devem ficar atentas e confiarem apenas em informações divulgadas pelos canais oficiais das instituições públicas que atuam no enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Como agir

Em caso de clonagem ou tentativa de clonagem de contas de WhatsApp, a vítima deve registrar um boletim de ocorrência em delegacias da Polícia Civil. Os prints da conversa funcionam como prova. 

Além disso, também é possível acionar o suporte do WhatsApp e pedir bloqueio da conta.


*varelanoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário