Adultos entre 30 e 59 anos configuram 60% das internações por Covid-19 em Salvador


A quantidade de pessoas na faixa etária entre 30 e 59 anos internadas com a Covid-19 superou a hospitalização de idosos a partir dos 60 anos. De acordo com o prefeito Bruno Reis (DEM), a quantidade de adultos internados em unidades de saúde com coronavírus aumentou 20% em relação à primeira onda da pandemia.

“Na primeira onda da pandemia, a cada 100 pacientes nas UPAs [Unidades de Pronto Atendimento], 60 eram idosos. Agora são 40. Isto é, hoje temos 60% de adultos de 30 a 59 anos”, informou o gestor municipal.

Bruno Reis explicou que essa mudança na taxa de internações tem relação com efeitos da vacinação em idosos e com as variantes, que retardam a recuperação da doença.

“Isso mostra que a vacina começou a surtir efeito. Só ela vai permitir saímos dessa situação que nos encontramos”, afirmou. E acrescentou: “esse cenário mostra que a cepa do vírus é mais agressiva, e que ela tem, como a gente vem evidenciando, o poder de gerar sintomas mais graves, tanto que os pacientes chegam mais debilitados nas UPAs, e estão permanecendo por mais tempo nas unidades”.

*Metro1

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário