Anvisa anuncia registro da vacina de Oxford e de primeiro medicamento contra Covid-19


O gerente-geral de medicamentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Gustavo Mendes anunciou hoje (12), em um pronunciamento transmitido ao vivo, o registro definitivo da vacina de Oxford/AstraZeneca, contra a Covid-19, para a fabricação no Brasil e do primeiro remédio para o tratamento da doença: o Remdesivir.

"O primeiro registro é relacionado à vacina Covid-19 recombinante, também conhecida como vacina de Oxford, que é uma vacina que já vinha sendo utilizada pelo procedimento de autorização do uso emergencial, mas agora vai ser registrada pela agência com uma etapa de fabricação aqui no Brasil, que a gente acredita que representa maior autonomia, maior acesso à vacina", disse o porta-voz da Anvisa. 

Além da vacina, a Anvisa vai registrar o primeiro medicamento eficaz contra o coronavírus. "Outra notícia, que é muito boa e muito interessante é o fato que a gente vai dar o primeiro registro de um medicamento que vai ter, em bula, uma indicação contra a Covid-19", contou. "Então é o primeiro medicamento sintético que vai poder ser utilizado em pacientes acometidos pela doença", explicou.

De acordo com Mendes, os produtos têm qualidade, segurança e eficácia estabelecidas para a utilização pela população.


*Metro



Nenhum comentário:

Postar um comentário