Covid-19: Brasil é o país com o maior número de mortes diárias há duas semanas


Dados do portal Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford, apontam o Brasil como o país com maior número de mortes diárias por Covid-19 há duas semanas. Desde sexta-feira (5), quando registrou 1.800 novos óbitos, o Brasil superou os Estados Unidos - antes país no primeiro lugar do ranking. A diferença registrada no dia 5, quando os EUA registraram 1.763 novos óbitos, só cresceu desde então. 

Desde a última terça-feira (16), com o agravamento de casos em todo país, o Brasil  também registra mais mortes diárias por Covid-19 do que a União Europeia inteira e também a América do Norte. Também na terça, se tornou o país com mais casos diários no mundo (83.926, contra 53.579 dos EUA).

No comparativo percentual, o Brasil, que tem menos de 3% da população mundial, hoje responde por 22% de todas as novas mortes e 16% de todos os novos casos de Covid-19 registrados no mundo. No ranking que leva em conta o número de casos em comparação com o tamanho da população de cada nação, o Brasil é o 7º com mais mortes diárias na última semana (9,8 óbitos a cada 1 milhão de habitantes). Neste levantamento, o Brasil fica atrás da República Tcheca (19,9), Hungria (16,7), Eslováquia (14,9), Bulgária (14,8), Montenegro (14,7) e Bósnia e Herzegovina (13,8).

Analisando os dados de vacinação, o desempenho do Brasil também é ruim.  Apesar de ser o quinto no ranking de doses aplicadas (13 milhões), é apenas o 58º no ranking proporcional de vacinação, que leva em conta o total da população.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário