Em pior momento da pandemia da Covid-19, todas as regiões da Bahia têm ocupação dos leitos de UTI acima de 80%


Em pior momento da pandemia da Covid-19, a Bahia está com todas as nove macrorregiões do estado com ocupação acima de 80% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A informação foi divulgada no boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) desta última quinta-feira (11).

O estado é dividido em nove macrorregiões, que são núcleos regionais de saúde. São elas: centro-leste, centro-norte, extremo-sul, leste, nordeste, norte, oeste, sudoeste e sul.

A região com maior taxa de ocupação é a nordeste, com 100% dos leitos ocupados. Em seguida vem o sudeste com 97%, centro-leste com 96%, centro-norte com 95% e sul com 91%.

O norte baiano está com uma ocupação de 88%, leste com 86%, extremo-sul com 82% e oeste com 80%.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto na Bahia é de 88%, com 1.080 dos 1.221 ocupados. A UTI pediátrica, no entanto, conta com 64% de ocupação, com 23 dos 36 leitos ocupados.

Em julho de 2020, em um momento crítico da primeira onda, seis das nove regiões chegaram a ficar com a ocupação acima de 80%. Já em outubro, apenas uma região chegou a ficar com ocupação acima de 80%.

Porém, em janeiro deste ano, a situação voltou a piorar, pois quatro das nove regiões chegaram a ficar com a taxa de ocupação acima de 80%.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário