Governo aciona embaixadores para tentar evitar falta de ‘kit entubação’


Uma mensagem foi enviada pelo Itamaraty para diplomatas brasileiros em embaixadas e consulados no exterior pedindo para que tentem obter fornecimento, "com máxima urgência", de uma série de medicamentos do chamado "kit entubação". 

Nos últimos dias, o governo foi alertado para a queda no estoque de analgésicos, sedativos e bloqueadores musculares usados para entubar pacientes em UTIs. O aviso, enviado por hospitais e associações médicas afirmou que o estoque pode durar apenas mais 15 dias no Brasil. Esses medicamentos são essenciais para inserir o tubo e manter a ventilação mecânica dos pacientes graves. 

Na mensagem enviada, o Itamaraty afirma que a Anvisa enviou consulta a alguns países, mas não obteve resposta. O órgão pede para que os diplomatas pesquisem "a possibilidade de fornecimento dos insumos".

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário