Inadimplência cai ao menor nível desde início da pandemia, diz CNC


O percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso caiu de 24,8% em janeiro para 24,5% em fevereiro, e chegou ao menor patamar desde o início da pandemia.

Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), segundo a pesquisa Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada ontem (8).

O percentual de inadimplentes está em queda desde agosto de 2020, mas ainda é maior que o de fevereiro do ano passado, que foi de 24,1%.


*metro1


Nenhum comentário:

Postar um comentário