Inep anuncia resultados do Enem 2020, mas candidatos enfrentam dificuldades para acessar página


Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 já estão disponíveis na página do participante, anunciou o Inep, organizador da prova, mas candidatos relatam na internet que não estão conseguindo acessar a página do participante para consultar as notas.

O Inep afirmou que o resultado poderia ser visualizado a partir das 18 horas, mas muitos reclamaram que não conseguiam acessar o site horas depois.

A autarquia organizadora do exame disse em nota que a página do participante tinha lentidão na autenticação no Acesso Gov.br, que permite verificação das informações.

"A inconsistência técnica impacta o acesso dos estudantes ao portal. De acordo com o Serpro, responsável pela aplicação do Acesso Gov.br, cerca de 45% dos estudantes conseguem atendimento normal, mas os demais enfrentam dificuldades devido à lentidão do sistema."

O Inep posteriormente informou que as dificuldades foram solucionadas às 21h20, mas ainda havia relatos de problemas depois desse horário.

Dificuldades e instabilidades nos sistemas que os participantes do Enem acessam têm sido uma constante nessa última edição do exame. Alguns dos problemas já ocorridos:

  • Maio de 2020: problemas na inscrição, no recebimento do boleto e na confirmação de pagamento
  • Junho de 2020: enquete para nova data do Enem 2020 tem relatos de problemas de acesso
  • Janeiro de 2021: candidatos do Enem digital relatam dificuldade para visualizar o local de prova

A mais recente edição do Enem, adiada de novembro último para janeiro deste ano, foi marcada por diversos problemas, como candidatos barrados no local de prova por conta da lotação de salas. Por causa da pandemia de Covid, o número de alunos teve de ser reduzido.

A abstenção foi altíssima, mais de 50% dos inscritos faltaram às provas. No Enem digital, o primeiro da história, a taxa foi ainda maior: ultrapassou os 70%. Pouco depois da realização das provas, Alexandre Lopes foi demitido do cargo de presidente do Inep.

Como consultar a nota

Quando a operação do site se normalizar, os candidatos só terão acesso ao próprio resultado — as notas dos demais alunos não são divulgadas publicamente. Serão informados os resultados das provas objetivas e da redação.

Para conferir o boletim de desempenho, é preciso entrar na página do participante e digitar os dados do login único do governo federal.

Caso o aluno tenha esquecido a senha, é possível recuperá-la. Basta seguir os seguintes passos:

  • informar o CPF;
  • clicar em avançar e, em seguida, em "esqueci minha senha";
  • escolher uma das formas de recuperar o acesso à conta (validação facial, celular, e-mail ou internet banking);
  • aguardar o envio do código de verificação;
  • gerar uma nova senha.

Os resultados disponíveis

Foram publicados os boletins de desempenho das seguintes versões do Enem:

  • impressas (primeira e segunda aplicação);
  • digital;
  • PPL (para pessoas privadas de liberdade).

Os treineiros só poderão consultar os resultados em 28 de maio.

Para que serve a nota do Enem 2020?

O Enem 2020, previsto inicialmente para novembro do ano passado, foi adiado para janeiro e fevereiro de 2021, em razão da pandemia.

Consequentemente, programas do governo que costumam utilizar a nota da prova — como o Prouni e o Fies — aceitaram apenas os resultados das edições anteriores do exame. Não daria tempo de aguardar até o fim de março para iniciar os processos seletivos.

O único programa de acesso ao ensino superior que conseguiu reorganizar o calendário para usar as notas do Enem 2020 foi o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ele seleciona alunos para universidades públicas.

As inscrições ocorrerão de 6 a 9 de abril. Segundo o Ministério da Educação (MEC), serão ofertadas 209.190 mil vagas, distribuídas em 5.685 mil cursos de graduação.

Cronograma do Sisu

Inscrições: de 6 a 9 de abril

Resultado da chamada única: 13 de abril

Matrícula ou registro acadêmico: de 14 a 19 de abril

Manifestação de interesse em participar da lista de espera: de 13 a 19 de abril.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário