Nissan do Brasil também suspende produção por agravamento da pandemia


A Nissan do Brasil é a terceira montadora a anunciar a suspensão da produção de sua fábrica por conta do agravamento da pandemia do coronavírus. A informação foi divulgada nesta última quinta-feira (25).

A medida afeta a planta da montadora em Resende, no Rio de Janeiro. A produção será interrompida entre os dias 26 de março e 9 de abril. As atividades seriam retomadas na segunda-feira seguinte, dia 12.

“Buscando garantir a segurança de seus funcionários como parte do esforço de reduzir o impacto da pandemia, adaptar a empresa ao cenário atual dos desafios enfrentados pelo setor automotivo e garantir a continuidade do negócio, a Nissan decidiu adotar férias coletivas em seu Complexo Industrial de Resende de 26 de março a 9 de abril. Com isso, a produção será retomada no dia 12 de abril”, diz a empresa.
O Brasil chegou ontem à marca de 300 mil mortes pela Covid-19. Segundo o consórcio de veículos de imprensa, o país registrou 301.087 mortes e 12.226.530 casos confirmados da doença. A média móvel dos últimos sete dias está em alta de 34% em relação a 14 dias atrás.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário