Prefeito de cidade baiana proíbe abertura de comércio essencial e não essencial


Como forma de frear o avanço do novo coronavírus, a prefeitura de Retirolândia, na região sisaleira, proibiu a abertura do comércio não essencial como do considerado básico. A partir das 8h desta quinta-feira (18) até as 5h da segunda-feira (22), os estabelecimentos ficarão sem funcionar. A exceção fica para os postos de combustíveis, que poderão receber clientes, mas com horário reduzido, das 7h às 17h.

Conforme decreto do prefeito Alivanaldo Martins dos Santos, o Vonte do Merim, em relação ao comércio varejistas, atacadista e de serviços essenciais, eles só poderão trabalhar no sistema de entrega em domicílio. Esses estabelecimentos estão autorizados a atuar até as 23h, mas não podem vender bebida alcoólica desde esta quinta.

Outra exceção é para o trabalho das indústrias que devem operar normalmente. Em Retirolândia também ficarão proibidas, no período, atividades que envolvam aglomerações, públicas ou privadas, realizadas em sítios, chácaras, imóveis particulares, entre outros espaços.

No caso da feira livre, o comércio será permitido até as 12h desta quinta. Conforme último boletim da prefeitura, o município já acumula 1.137 casos confirmados de Covid-19, com 16 casos ativos, e nove óbitos provocados pela doença.

*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário