Senado aprova PEC Emergencial em primeiro turno de votação


O Senado aprovou ontem (3) em 1º turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial. Ela prevê diversas medidas que podem ser adotadas em caso de descumprimento de tetos de gastos, além da viabilização da retomada do auxílio emergencial.

O texto-base foi aprovado por 62 votos a 16. Já, na análise dos destaques, todas as modificações do conteúdo sugeridas foram rejeitadas. Uma delas foi do Partido dos Trabalhadores (PT), que definia o valor do auxílio em R$ 600.

A PEC ainda seguirá hoje (4) para o segundo turno da votação no Senado para ser concluída. Caso ela seja aprovada, irá para a Câmara dos Deputados.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário