União Europeia promete manter vacinas da AstraZeneca no bloco


O comissário do Mercado Interno da União Europeia, Thierry Breton, disse, ontem (26), que a organização vai proibir que vacinas contra coronavírus da AstraZeneca saiam do bloco até que a empresa cumpra as metas de fornecimento.

"Temos as ferramentas e faremos com que tudo permaneça na Europa até a empresa retomar seus compromissos", disse ele durante uma visita à fábrica de Barcelona da farmacêutica Reig Jofre, que envasará as vacinas contra coronavírus da Johnson & Johnson a partir de meados de junho.

Na quarta (31), a União Europeia endureceu a supervisão das exportações da vacina, o que lhe dá mais liberdade para bloquear carregamentos a países com taxas de inoculação mais altas, como o Reino Unido, ou que não estão compartilhando as doses que produzem.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário