WhatsApp detecta disparo em massa de mensagens após decisão de Fachin que anulou condenações de Lula


Uma ação de disparo de mensagens em massa pelo aplicativo Whatsapp foi colocada em prática na manhã de ontem (10), após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o liberou para ser candidato. 

A ação foi identificada pelo setor de tecnologia do aplicativo, que, segundo a própria empresa, imediatamente baniu os números envolvidos.


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário