Brasil volta a bater pior média móvel de mortes por Covid, com 3.125 óbitos por dia na última semana


O país registrou 1.738 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou nesta última segunda-feira (12) 355.031 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias bateu um novo recorde e chegou a 3.125. É a pior média móvel de mortes já registrada, superando o número de 1º de abril (3.119). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +15%, indicando tendência de estabilidade nos óbitos pela doença.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h desta segunda. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Já são 82 dias seguidos no Brasil com a média móvel de mortes acima da marca de mil; o país completa agora 27 dias com essa média acima dos 2 mil mortos por dia; e já são 17 dias com a média acima da marca de 2,5 mil. Pelo terceiro dia seguido a média aparece acima da casa de 3 mil --algo que ainda não havia sido registrado na pandemia.

Veja a sequência da última semana na média móvel:

Terça (6): 2.775

Quarta (7): 2.744

Quinta (8): 2.818

Sexta (9): 2.938

Sábado (10): 3.025

Domingo (11): 3.109

Segunda (12): 3.125 (recorde)

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 13.521.409 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 38.866 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 71.174 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de -6% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade também nos diagnósticos.

Onze estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes: AP, DF, ES, GO, MA, MG, MS, PE, PI, PR, RJ e SP.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário