Covid-19: estudo aponta que cepa de Manaus é duas vezes mais contagiosa

Foto: Reprodução/Youtube

Um estudo internacional, publicado na revista científica Science, aponta que  a variante do coronavírus identificada em Manaus, chamada P.1, pode ser até duas vezes mais transmissível do que as cepas anteriores.

O estudo foi feito através da análise do relógio molecular e colcuiu que a variante apareceu em Manaus, cerca de um mês antes de um aumento acentuado no número de novas internações em decorrência da Covid-19 na cidade.Em duas semanas a variante se tornou a mais presente na cidade.

A conclusão dos pesquisadores estima que a P.1 pode ser de 1,7 a 2,4 vezes mais transmissível que as cepas que circulavam anteriormente na região.

O estudo ainda não conseguiu determinar se esse aumento está associado ao fato de o vírus persistir por mais tempo no corpo ou a um aumento na carga viral. Quanto ao risco de morte, o estudo aponta que a disseminação da nova variante na região, fez com que o risco de chegar a óbito fosse de 1,2 a 1,9 vezes maior do que antes da descoberta da P1. 

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário