Fiocruz aponta alta de casos e óbitos por Covid-19 em pacientes mais jovens

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Uma análise divulgada nesta última sexta-feira (23), a partir dos dados do Boletim do Observatório Fiocruz Covid-19, aponta que a faixa etária dos mais jovens, de 20 a 29 anos, foi a que registrou maior aumento no número de mortes pela doença, representando 1.081,82%. Nas pessoas entre 40 e 49 anos, houve o maior crescimento do número de casos, com 1.173,75% a mais.

Os resultados são do período entre 4 e 17 de abril, que constata que a doença tem infectado cada vez mais pessoas jovens. Esse processo é chamado pela Fiocruz de "rejuvenescimento da pandemia".

Nas semanas epidemiológicas 14 e 15, a quase totalidade dos estados apresentou estabilidade dos indicadores, com exceção de Roraima, onde foi verificada nova alta tanto no número de casos quanto de óbitos. No Amapá, aconteceu uma pequena queda no número de casos.

Os estados que possuem as maiores taxas de letalidade são Rio de Janeiro (8,3%), Paraná (6,2%), Distrito Federal (5,3%), Goiás (5,2%) e São Paulo (5,1%).


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário