OMS vê 'situação crítica' no Brasil com variante mais transmissível


A chefe do programa de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Maria van Kerkhove, afirmou ontem (1º), que o Brasil vive uma "situação crítica" com a variante P.1 do coronavírus, mais transmissível, que pode sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde do país.

"De fato, há uma situação crítica [no Brasil], os desafios são muitos em termos de aumento da transmissibilidade com essa variante P.1 que foi detectada e que está circulando no país", disse Kerkhove em entrevista coletiva.

A epidemiologista explica que "se aumenta a transmissão, ou os vírus são mais transmissíveis, você terá mais casos que podem sobrecarregar todo o sistema que já está saturado".

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário