Quatro crianças já morreram na Bahia com síndrome rara ligada à Covid-19

Foto: Pexels

A Bahia registrou a quarta morte pela Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), que atinge crianças e adolescentes, de zero a 19 anos, que tiveram a covid-19. É o primeiro óbito registrado neste ano.

Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a quarta vítima da síndrome rara foi um bebê do sexo feminino, de 1 ano, residente na cidade de Ubatã. O óbito ocorreu em 22 de março. No total, o estado registra 72 casos de SIM-P.

Desde o início da pandemia, a Bahia registrou 34.087 casos de Covid-19 em crianças de até nove anos, com 57 mortes.

A SIM-P é uma doença que costuma surgir de três a cinco semanas depois de crianças e adolescentes de zero a 19 anos se infectarem com o coronavírus. A doença ocorre mesmo quando o paciente apresentou quadro leve ou assintomático de Covid-19, e não depende da existência de outras comorbidades.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário