Atraso na liberação de IFA pode alterar cronograma de vacina a partir de junho

Foto: Governo de São Paulo

O cronograma de vacinação contra a Covid-19 no Brasil a partir de junho pode ser comprometido devido à lentidão e à incerteza na liberação do insumo da vacina CoronaVac, reconheceu nesta segunda-feira (10) o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.
 
O Butantan é responsável pela produção da vacina no Brasil. Desde janeiro o instituto já entregou mais de 45 milhões de doses ao Ministério da Saúde. Um novo lote com 2 milhões de doses foi entregue nesta segunda e mais duas remessas estão previstas até o final desta semana.
 

Segundo Dimas Covas, após essas entregas, o Instituto precisa receber a matéria-prima para conseguir retomar o envase, que foi suspenso na última quinta (6), destaca reportagem do G1.
 "A partir daí não teremos mais vacina porque não recebemos o IFA para que isso possa ser processado. Situação parecida com essa também é enfrentada pela Fiocruz [responsável pela vacina de Oxford/AstraZeneca]. Que também não teve seu IFA liberado. Preocupa para o cronograma de vacinação, não neste momento, mas a partir de junho, que poderá sofrer algum impacto", disse Dimas Covas.

*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário