Auxílio emergencial: R$ 700 milhões foram devolvidos ao governo em abril

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Cerca de R$ 4,5 bilhões foram devolvidos aos cofres federais por pessoas que haviam recebido indevidamente o auxílio emergencial. O secretário do Tesouro, Jeferson Bittencourt, afirmou nesta quinta-feira (27) que o montante pode chegar a R$ 4,7 bilhões.

O valor corresponde aos ressarcimentos feitos ao governo nos quatro primeiros meses de 2021. Em abril deste ano, cerca de R$ 700 milhões foram devolvidos.

Neste ano, quem recebeu parcelas do auxílio emergencial em 2020 e tiveram rendimento tributável superior a R$ 22.847,76 no ano tiveram que preencher a declaração do Imposto de Renda e são obrigados a devolver o valor do auxílio.

A regra está disposta na lei que determina o benefício e foi aprovada em março do ano passado pelo Congresso.

É necessário observar o número referente aos rendimentos tributáveis do ano, sem fazer a soma do valor recebido de auxílio emergencial. Ele não é considerado rendimento tributável.


*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário