Vinte e seis máquinas caça-níqueis são apreendidas em operação policial na BA; Cassino clandestino e casa de apostas são desativados

Foto: Divulgação/SSP-BA

Um cassino clandestino e uma casa de apostas em caça-níqueis foram desativados durante uma operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar na quarta-feira (5), em Juazeiro, cidade do norte da Bahia.

Foram apreendidos 26 máquinas caça-níqueis avaliadas em mais de R$ 20 mil, R$ 5.549 em espécie, cadernos com a contabilidade do jogo ilegal, oito baralhos, um tablete e uma impressora. Atuaram na operação agentes da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e da 73ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), duas pessoas foram autuadas por exploração de jogos de azar. Elas foram conduzidas à delegacia da cidade, assinaram Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) e foram liberadas, mas responderão por exploração de jogos de azar.

A SSP-BA detalhou que as casas de apostas ilegais funcionavam na rua 15 de Novembro, Centro de Juazeiro e operavam, disfarçadamente, como pontos comerciais.

Segundo o comandante da 73ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), as portas dos estabelecimentos ficavam entreabertas e quando um apostador chegava, os porteiros deixavam a pessoa entrar.

Segundo o delegado Flávio André da Rocha Martins, titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), as pessoas encaminhadas para a delegacia eram uma funcionária e um apostador.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário