Com novos documentos, Anvisa analisa aprovação da Sputnik V nesta semana

Foto: Divulgação/Sputnik V

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve analisar, ainda nesta semana, a nova documentação enviada pelo Instituto Gamaleya, da Rússia, para a aprovação da vacina Sputnik V. Caso ela seja concedida, o imunizante poderá ser adicionado ao Programa Nacional de Imunização (PNI).

“Esperamos que haja boa vontade e sensibilidade da agência para que a gente consiga ter esta aprovação nessa semana”, escreveu o governador da Bahia, Rui Costa (PT), na noite desta última terça-feira (1º), nas suas redes sociais.

Na primeira análise, em abril, a Anvisa negou, em decisão unânime, a importação emergencial de quase 30 milhões de doses da vacina russa contra covid-19, solicitada por 14 estados. De acordo com o órgão, a empresa fabricante não enviou os relatórios necessários para a análise de qualidade necessários para aprovação.

Por conta disso, a compra de 9,7 milhões de doses da vacina Sputnik V, formalizada pelo Governo da Bahia, não pôde avançar. O primeiro lote com doses do imunizante chegaria ao estado no mês de abril.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário