Divisão de serviços financeiros da Ford encerrará operações no Brasil e na Argentina; haverá demissões

Foto: Divulgação

A Ford anunciou nesta última segunda-feira (28) que sua empresa de serviços financeiros, Ford Credit, vai encerrar operações no Brasil e na Argentina quase cinco meses após interromper a produção de veículos no país.

Em posicionamento oficial, a Ford confirmou a decisão e afirmou que "haverá desligamentos" —sem divulgar o número de trabalhadores que serão demitidos.

A multinacional informou que já iniciou a transição das operações no atacado para bancos preferenciais no Brasil e na Argentina e que encerrará operações para aprimorar o novo modelo de negócios da Ford na América do Sul.

“ As operações de varejo nesses mercados já atendem consumidores por meio de acordos com fornecedores preferenciais. Como parte dessas ações, estão previstos desligamentos", informou a multinacional.
Como resultado, a unidade vai registrar um encargo contábil de até US$ 375 milhões.
Produção de veículos no Brasil
Em janeiro, a Ford anunciou que encerrará a produção de veículos em suas fábricas no Brasil após um século. A montadora mantinha fábricas em Camaçari (BA) e Taubaté (SP), para carros da Ford, e em Horizonte (CE), para jipes da marca Troller.

A empresa, que fechou 2020 como a quinta que mais vendeu carros no país, com 7,14% do mercado, continuará comercializando produtos no Brasil.

Eles serão importados principalmente da Argentina e do Uruguai. A Ford disse ainda que todos os clientes seguirão com assistência de manutenção e garantia.

Dentre as instalações atuais, será mantido o Centro de Desenvolvimento de Produto, na Bahia, além do campo de provas e da sede administrativa para a América do Sul, ambos no estado de São Paulo.

Em comunicado divulgado para a imprensa, a fabricante diz que a decisão foi tomada "à medida em que a pandemia de Covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas".

Leia a nota completa sobre a Ford Credit abaixo :

“Para aprimorar o novo modelo de negócios da Ford na América do Sul, aumentando a competitividade e melhor servindo seus consumidores e concessionários, a Ford Credit tem avaliado alternativas, sob distintos cenários, a fim de prover a melhor assistência possível. Como resultado, iniciaremos a transição das operações de financiamento no atacado para bancos preferenciais no Brasil e Argentina. As operações de varejo nesses mercados já atendem consumidores por meio de acordos com fornecedores preferenciais. Como parte dessas ações, estão previstos desligamentos.”


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário