EUA incluem Brasil em lista de países que vão receber doação da vacina anti-Covid

Foto: Adam Schultz/Biden for President

O governo dos Estados Unidos detalhou nesta última quinta (3) seu plano para a doação de 25 milhões de vacinas anti-Covid, a primeira parte de um lote de 80 milhões de injeções que será exportado até o fim de junho. 

Ao menos 19 milhões das doses serão alocadas pelo Covax, o consórcio da Organização Mundial da Saúde (OMS). Seis milhões delas serão doadas para países da América Latina, entre eles o Brasil. 

O Brasil, contudo, ficou de fora do rol de nações que receberão doações diretas de Washington neste primeiro momento.
As 6 milhões de vacinas que não serão entregues ao Covax serão distribuídas de acordo com "prioridades regionais" e parcerias. Os recipientes incluem a Índia, o epicentro global da crise sanitária, México, Canadá, Coreia do Sul e os territórios palestinos ocupados da Cisjordânia e de Gaza, onde o grupo Hamas travou uma guerra com Israel no início do mês.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário