Governo Federal libera recursos para Salvador executar obras do trecho 2 do BRT

Foto: Júlio Dutra/Divulgação

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, assinaram a Autorização de Início da Execução do Objeto (AIO) para a realização das obras do trecho 2 do BRT (Bus Rapid Transit) na capital baiana. Os recursos são da ordem de R$215,2 milhões, com recursos do Orçamento Geral da União e contrapartida da administração municipal, através de financiamento com a Caixa. A ação ocorreu em cerimônia simbólica realizada nesta última quarta-feira (2), em Brasília, com as presenças do ministro da Cidadania, João Roma, e do deputado federal Márcio Marinho.

As obras do trecho 2 do BRT vão da Estação da Lapa ao Parque da Cidade. Além da implantação do corredor expresso para ônibus, de viadutos na Avenida Garibaldi e do elevado paralelo no Vale das Pedrinhas, serão construídas seis estações: Vasco da Gama, Ogunjá, HGE, Rio Vermelho, Vale das Pedrinhas e Cidade Jardim. A Estação da Lapa será reformulada para permitir que a operação do BRT ocorra de forma integrada ao metrô.

Etapas – Um das mais importantes intervenções em mobilidade em realização na capital baiana, o Projeto de Corredores de Transporte Público Integrado de Salvador (BRT) possui extensão total de 9,6 km, entre a Estação da Lapa e a Ligação Iguatemi-Paralela (LIP), e foi dividida em três etapas.  O trecho 1, que vai desde o Parque da Cidade até o Shopping da Bahia, já teve seus elevados concluídos e entregues ainda em 2020.

No trecho 2, Serão construídos três elevados. Um deles ficará nas imediações do Vale das Pedrinhas, onde será implantada uma estação, a única elevada deste trecho. Um outro viaduto será construído na saída da Avenida Anita Garibaldi sentido Juracy Magalhães, eliminando o cruzamento com a Avenida Vasco da Gama e criando uma via expressa sentido Avenida Luís Viana (Paralela). O terceiro elevado será implantado na região da Rótula dos Barris, exclusivo para o BRT, ligando a Estação da Lapa e a Avenida Vasco da Gama.

O trecho 3 – um adicional de aproximadamente de 1,5 km, em obras – vai ligar também o Cidade Jardim ao Itaigara. Ao todo, a obra terá 12 estações. O plano operacional ainda está sendo definido pela Prefeitura.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário