Homem com nível alcoólico 30 vezes maior que o permitido é preso após se envolver em acidente na BA

 Foto: Divulgação/PRF

Um homem de 46 foi anos foi preso na cidade de Luís Eduardo Magalhães, na região oeste da Bahia, após ser flagrado dirigindo um veículo sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e com nível alcoólico 30 vezes maior que o limite permitido. O caso aconteceu na quinta-feira (17), em um trecho da BR 242, após um acidente envolvendo dois carros de passeio na rodovia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os motoristas dos dois veículos foram socorridos e levados à uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no município – não foi divulgado o estado de saúde deles, nem se haviam outros passageiros nos carros.

Um dos motoristas, no entanto, apresentava claros sinais de embriaguez, como dificuldade para se equilibrar, fala embargada e odor de álcool no hálito.
Ainda segundo a PRF, os agentes realizaram o teste do etilômetro e o resultado apontou 1,16 miligramas de álcool por litro de ar. A dosagem no teste corresponde também a quatro vezes o limite previsto como crime de embriaguez, segundo o Código de Trânsito Brasileiro

O motorista foi levado à delegacia da cidade e preso em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante. Ele foi apresentado à polícia Judiciária e encaminhado para a adoção das medidas cabíveis em lei.

A PRF informou que mais de 74 mil testes de embriaguez foram realizados em 2020 nas rodovias federais que cortam o estado e 1921 motoristas foram autuados por dirigir sob efeito de álcool, por recusa ou por constatação no etilômetro. Deste total, 184 foram autuados e respondem criminalmente pelo crime de trânsito.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário