Reunião com governo federal faz bancários adiarem paralisação por vacina

Foto: Divulgação

A paralisação dos bancários da Bahia, que estava prevista para esta terça-feira (8), foi cancelada após a categoria agendar uma reunião com o governo federal para discutir a entrada no Plano Nacional de Imunização. A suspensão foi decidida em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (7), pelo Sindicato dos Bancários da Bahia e pela Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários da Bahia e Sergipe (FEEB BA/SE). Será realizado um ato ainda nesta terça-feira, às 9h, em frente à sede da Prefeitura de Salvador, para pedir a vacinação da categoria.

De acordo com o Sindicato dos Bancários da Bahia, a reunião com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho acontecerá no dia 15 de junho, com a presença da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e também da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O encontro é fruto das inúmeras tentativas de negociação que foram iniciadas em dezembro de 2020, quando o governo federal deixou de incluir os bancários na lista de grupos prioritários para imunização.
"O objetivo da paralisação foi alcançado, que é conseguir o diálogo com o governo, porém a luta não acabou. Fizemos uma fundamentação técnica científica que será apresentada para respaldar a imunização da categoria", disse o presidente do sindicato, Augusto Vasconcelos, em nota divulgada pela entidade.

No último sábado, a categoria realizou uma carreata em Salvador para cobrar a inclusão nos grupos prioritários da vacinação, como prévia da paralisação agendada para esta terça.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário