Rui Costa faz postagem lamentando 500 mil mortos pela Covid-19 no Brasil: 'Famílias destruídas'

 Foto: Reprodução/Instagram

O governador da Bahia, Rui Costa, fez uma postagem nas redes sociais, na tarde deste último sábado (19), lamentando as 500 mil mortes pela Covid-19 no Brasil.

No post, publicado por volta das 16h20, Rui Costa se solidarizou com as famílias que perderam entes queridos para a doença.

"Por mais que a gente consiga vacinar, por mais leitos de UTI que a gente consiga abrir, por maiores que sejam nossos esforços, essas pessoas não retornarão. São vidas humanas que se perderam. Pais, avós, filhos, amigos que não veremos mais. Famílias destruídas. É preciso compreender o significado disso, ter a dimensão dessa tragédia. Que Deus, em sua infinita sabedoria, conforte o coração de quem ficou", escreveu o governador.

No início da tarde deste sábado, o total de mortos chegou a 500.022, e o de casos confirmados, a 17.822.659, segundo dados levantados pelo consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia no Brasil. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.
Os números levam em conta novos dados divulgados por Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins. Os demais estados não atualizaram as informações sobre casos e mortes até as 14h deste sábado.

A marca dos primeiros 100 mil óbitos no Brasil foi atingida quase 5 meses – 149 dias – após a primeira pessoa morrer pela doença no país. Dos 100 mil para os 200 mil, passaram-se outros 5 meses – 152 dias. Já para chegar aos 300 mil, foram necessários somente 76 dias, período que caiu quase pela metade quando chegamos a 400 mil em mais 36 dias.

Agora, de 400 mil a 500 mil mortes o salto se deu em 51 dias, evidenciando que a queda no ritmo de mortes não foi tão significativa assim passado o pior momento.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário