Baleias Jubarte são vistas durante passeio no sul da BA: 'Um dos momentos mais lindos da vida'

Foto: Reprodução/TV Bahia

Baleias jubarte foram vistas na orla de Salvador, nesta última quinta-feira (29), e durante um passeio náutico em Porto Seguro, no sul da Bahia.

Na capital baiana, o momento foi registrado por uma telespectadora do Bahia Meio Dia, telejornal da TV Bahia. Nas imagens, duas baleias aparecem nadando na orla.

Já em Porto Seguro, a observação das baleais aconteceu durante um passeio. A partir da segunda quinzena de julho, as baleias jubarte começam a chegar no litoral baiano e também no Espírito Santo.

Segundo Sergio Cipolott, diretor de operações do Instituto Baleia Jubarte, elas buscam nas águas quentes da Bahia e da costa do Brasil um lugar propício para acasalar e ter os filhotes.
O primeiro passeio de barco da temporada deste ano foi acompanhado pela equipe do Instituto Baleia Jubarte, que aproveitou o momento para capacitar estudantes da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) para a realização de pesquisa.

Além disso, técnicos do projeto também costumam qualificar a tripulação dos barcos para observação, para que o turismo seja sustentável e consciente.

"Acreditamos que seja uma grande ferramenta de conservação, já que as baleias jubarte foram praticamente extintas pela caça. Agora, com o retorno delas após a proibição da caça, elas estão se recuperando e ocupando antigas áreas de reprodução, como é aqui em Porto Seguro", explicou Enrico Marcovaldi, fundador e diretor de comunicação do Instituto Baleia Jubarte.

Durante o passeio, os visitantes também participam de uma palestra sobre noções básicas de navegação, processo migratório das baleias e características da Jubarte.

"Nosso passeio é muito mais do que uma atividade simples de passeio náutico. A gente faz com que a pessoa mergulhe nessa experiência para conhecer a biologia da espécie a importância da conservação", comentou André Tebaldi, gerente da empresa de passeio.

O passeio de observação de baleias também é conhecido como "Safari da Jubarte". Isso porque elas são contempladas e observadas pelos turistas quando estão no habitat natural.

"No início a gente estava um pouco desacreditado daquela baleia solitária, tímida, depois ela foi ficando mais a vontade, deu vários saltos, se juntou com outras duas. Foi um passeio muito especial", relatou a bióloga marinha Thais Mello.
Para a visitante, Menina Esteves, foi um momento único e emocionante.

"Vivenciei um dos momentos mais lindos da minha vida. Estou emocionada, porque é tudo tão delicado, é de um balé, uma plasticidade tão especial, que hoje foi um presente", disse.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário