Corpo de mulher moradora de Elísio Medrado, vítima da Covid-19 é trocado em hospital e enterrado em Ubaira


Familiares passaram por momentos de confusão e dor à procura do corpo no hospital em Salvador.

O corpo de uma mulher de 59 anos de idade falecida na sexta-feira (02) foi trocado no hospital em que estava internada e veio à óbito na capital Salvador.

Informações colhidas pela reportagem do Recôncavo no Ar indicam que o corpo da vítima seguiu para a cidade de Ubaira no Vale do Jiquiricá e sepultado como se fosse um homem.

O fato foi percebido pelos familiares da vítima quando chegaram no hospital para reconhecer, retirar o corpo e sepultar em Elísio Medrado e se já não bastasse a dor da perda de um ente querido, tiveram que se deslocar para Ubaira onde constataram a troca e fizeram a exumação do corpo que encontrava-se em uma gaveta do cemitério daquela cidade.

Resolvida a situação, enfim o corpo da senhora foi sepultado em Elísio Medrado.

Da redação do Recôncavo no Ar/Foto: Ilustração

Nenhum comentário:

Postar um comentário