Grávidas que receberam dose da AstraZeneca devem tomar vacina da Pfizer na 2ª aplicação, diz ministério

Foto: Divulgação

Grávidas e puérperas que receberam a primeira dose da vacina da AstraZeneca/Oxford contra a Covid devem, preferencialmente, completar o ciclo de imunização com uma segunda aplicação da Pfizer.

A recomendação é do Ministério da Saúde, oficialmente anunciada nesta última segunda (26).

A secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19, Rosana Leite, diz que caso a vacina da Pfizer não esteja disponível no momento, a paciente deverá receber a segunda dose da CoronaVac.
"É importante que as grávidas se vacinem e façam essa intercambialidade, preferencialmente com a vacina da Pfizer, a qual existem estudos já mostrando essa efetividade. Na excepcionalidade, elas poderão usar também a Coronavac que mostra uma boa efetividade", afirmou Rosana.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário