Colégios estaduais suspendem aulas presenciais após casos de Covid-19 em Teixeira de Freitas, extremo sul da Bahia

Imagem: Reuters/Direitos Reservados

Três colégios estaduais em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, suspenderam as aulas presenciais após casos confirmados ou suspeitos de Covid-19 no município. As informações são do Núcleo Territorial de Educação.

Ainda não há data de retorno das aulas. Por enquanto, as unidades seguem com atividades remotas. Na sexta-feira (16), uma professora da Colégio Ruy Barbosa apresentou sintomas e teve diagnóstico positivo para a doença.

Além da instituição, o Ceteps informou que aguarda resultado de alunos e professores, mas não há detalhes do total de casos.

No Colégio da Polícia Militar na cidade, aguarda o resultado de dois professores. O município tem seis escolas estaduais, com 6 mil alunos.
Na região sul da Bahia, seis escolas também suspenderam as aulas semipresenciais após casos de Covid-19. Até esta quarta-feira (18), cinco unidades em Itabuna e uma em Ilhéus, anunciaram a suspensão das atividades presenciais.

Na Bahia, a rede estadual retornou as aulas presenciais no formato híbrido em 26 de julho. Com isso, parte das atividades são feitas na escola e, também, de forma remota. Porém, muitos professores não aderiram a retomada alegando a imunização incompleta conta Covid-19.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado da Bahia (APLB), Rui Oliveira, disse no dia 13 de agosto que 97% da categoria decidiu pela retomada das aulas semipresenciais na rede estadual de ensino em setembro. Já as atividades semipresenciais ensino fundamental foram retomadas no dia 9 de agosto.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário