Covid-19: CIB autoriza que cidades baianas possam aplicar 2º dose da vacina para moradores de outros municípios

Foto: Jalmiro Neto

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB) regulamentou nesta última quinta-feira (19) que cidades baianas podem aplicar a 2º dose da vacina contra a Covid-19 para moradores de outros municípios após apresentação de justificativas para não haver atraso na imunização.

De acordo com a coordenadora adjunta da CIB, secretária de Saúde de Madre de Deus, Stela Souza, ficou assegurado a reposição das doses dos municípios que derem essa 2º dose para moradores de outras cidades.

Segundo informações da CIB, o objetivo da medida não é a migração do local de vacinação da segunda dose de forma livre. A intenção é fazer com que as pessoas não deixem de se vacinar caso tenham se mudado ou tenham algum compromisso importante.
Mudança de critério na entrega das vacinas
Nesta última quinta, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) revelou que a Bahia vai receber mais 714 mil de vacina contra Covid-19 na sexta-feira (20). No entanto, exclusivamente para essas remessas, haverá uma mudança no critério de divisão.

A Sesab detalhou que a mudança de critério foi definida em reunião da Comissão Intergestores Bipartite. Conforme a diretora da vigilância epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro, desse total, 80% serão destinadas conforme critério populacional e 20% como fator de correção para aqueles municípios que ainda não conseguiram chegar à faixa abaixo dos 25 anos.

A diretora da vigilância epidemiológica da Bahia salientou que a ideia é que todos os municípios possam avançar ainda mais com a cobertura vacinal de forma equitativa na faixa etária.

Segundo a Sesab, outra definição acordada na reunião da CIB é que os municípios que já estão concluindo a cobertura vacinal, e não necessitam de mais doses, façam a devolução dos imunizantes para que haja o remanejamento para os municípios em condição inversa.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário