Governador da Bahia diz que considera prematuro anúncios de festas de réveillon: 'Não tem decretos ainda autorizando festas'

Foto: Reprodução/Papo Correria

O governador Rui Costa (PT) afirmou desconhecer informações de comercialização de festas para o Réveillon 2022 na Bahia. Durante o programa Papo Correria, que aconteceu especialmente nesta última quarta-feira (11), o gestor destacou que não há ainda decreto que autorize realização de grandes eventos e não há possibilidade de 
“antecipar” determinações. Para Rui, é prematuro fazer anúncios para o futuro”. 

“Quem tiver comercializando produtos de festa para réveillon tá fazendo por conta e risco. E importante que quem está comprando saiba disso. Se você souber de venda de grandes eventos, comunique ao Procom e ao Ministério Público”, sugeriu. 

“É desejo nosso ficarmos livres do vírus, mas é prematuro ficar fazendo anúncio para o futuro por não conhecer a comportamento do vírus. Não podemos olhar só a Bahia. Temos que verificar o que está acontecendo no mundo inteiro. Temos algumas variantes chegando em alguns países com muita força”, enfatizou,  citando o aumento de casos em Israel. 
Na última semana, o prefeito da capital baiana, Bruno Reis (DEM), anuncio que a gestão já prevê datas e grade de atrações para o Réveillon em Salvador. A previsão é de que ocorra entre os dias 29 de dezembro e 2 de janeiro (reveja). 

Artistas como a cantora Anitta, Dennis DJ, Vintage Culture, Barões da Pisadinha e Banda EVA, estão confirmados na grade de atrações  do Réveillon N1, que acontece entre os dias 27 e 31 de dezembro em Itacaré, no Litoral Sul da Bahia. Os ingressos podem chegar a R$ 3.200.

*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário