Lote de medicamento à base de cannabis é suspenso no Brasil

Foto: Reprodução / Maj. Will Cox / Georgia Army National Guard / Fotos Públicas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária suspendeu a venda e distribuição de um lote do medicamento Mevatyl, vendido como Sativex, primeiro produto registrado no Brasil à base de cannabis.

As informações são da coluna de Lauro Jardim, do jornal 'O Globo'.
A medida, publicada no Diário Oficial da sexta-feira (20), foi motivada pelos resultados insatisfatórios no teor de Canabidiol e THC mostrados em um laudo inicial de análise para a fiscalização.

De acordo com a investigação, os resultados apontaram teor diferente do que foi indicado na embalagem do medicamento. 

Com isso, o laudo segue para uma nova análise e a empresa tem o direito de defesa. Caso seja reprovado em uma nova investigação, a venda e distribuição do medicamento será proibida no país.
O prazo para a conclusão da investigação é de 90 dias.

*Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário