Pfizer e Moderna aumentam preços de vacinas em contrato com União Europeia

Foto: Pxhere

A Pfizer e a Moderna aumentaram os preços de suas vacinas contra a Covid-19 nos últimos contratos com a União Europeia, segundo reportagem publicada pelo 'Financial Times" neste último domingo (1º).

A Pfizer, que tinha cobrado 15,5 euros, cerca de R$ 96, na cotação atual, nos primeiros contratos, passou a cobrar 19,5 euros, cerca de R$ 121.

A vacina da Moderna, que saiu por 19 euros (R$ 117) inicialmente, agora vai custar 25,5 (R$ 157) —a União Europeia ainda conseguiu tirar 3 euros do preço porque fez uma encomenda maior, de acordo com o jornal.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário